30.5.06

correspondências > mágoas, águas.


honey,

não entendo por que me machuca assim: suas garras se afiando nas minhas costas, seus dentes mordendo meu braço. e o silêncio, um silêncio de gato, felino, ferino. mais dolorido que o modo ferido que deixa meu corpo. e nem percebe todas as coisas que faço ou deixo de. (não. se quer mesmo a sinceridade, eu mesmo devo dizer: eu sei que percebe, mas não diz nada. não se importa. e eu me importando com isso, finjo que sim, que é cegueira tua, bem crua e bem ousada). fiquei esperando por você ontem: sentado, pernas cruzadas, o olhar na rua. e nem me avisou antes que era de mentira o encontro, que você nem vinha nem acordava, mas daria pinceladas largas de sonho no teu quarto. branco, vermelho. cores de um quadro, presente de teu pai. e mesmo me dando conta que obedeço de pronto os mandos e desmandos da tua vontade, não me queixo. apenas me magoa e me machuca esse jeito perdido e sem saber que me deixa. honey, eu queria que soubesse que espero pelo teu amor com o mesmo assombro de quem espera a morte. posso suportar teus mistérios, tua cara de enigma, teus desejos indesejáveis, tua desculpa. só não suporto tua recusa, teu rosto virando com meus beijos, teu corpo esfriando com meus abraços, minha culpa por fazer tudo errado. faço e desfaço. também disfarço no outro dia que não foi comigo nem por isso. indisposição apenas. e ainda assim fico tão contente: o amor, às vezes, se contenta com pouco. e, às vezes, o pouco é um atentado de amor. [as mágoas que sinto são pesadas águas que bebo]

4 comentários:

LIN's disse...

oi lindu... eu leio sim, sempre que posso dou uma passada aqui... acho seus textos mt criativos, diferentes, pena que como sou meio burro, algumas coisas quase não entendo...
hehe!!!
tb te adoro mt viu...

bjs

make me real disse...

continuo lendo seu blog, e me vejo a cada post. :~

make me real disse...

bem, eu tinha um weblogger, na verdade ainda escrevo as vezes lá. makemecry :)

beijos :*

Anônimo disse...

Greets to the webmaster of this wonderful site. Keep working. Thank you.
»

Pesquisar o malote