29.1.08

a colina da primavera.


dear,

chove a cântaros pelos telhados das casas. não consigo escrever. ocuparam a cidade inteira. e não posso escrever. provavelmente esta será a última carta antes da mudança de tempo. antes da dobra no cotovelo. não sei de onde veio, nem como aconteceu. foi de repente. arrumou as malas e com a premeditação de quem. não sei. pareceu, meu bem. é difícil entender tantas coisas. não sei de que modo chegaram durante a noite e invadiram tudo. não consigo dormir e não consigo chover. não consigo pedir para que deixem tudo no lugar. tento esquecer das ruas molhadas. sonho com tel aviv, lençóis muito brancos enroscados no corpo, o cheiro do mar de israel e uma sensação de que algo...


my hands tremble.
my heart aches.
is it you calling?
is it you calling?



espero que o tempo seja bom. como antes. ou como deve ser.

2 comentários:

TxIaGo tHiAgo disse...

Fazia tempo que eu não passava por aqui! To aproveitando o dia chuvoso para ler todos os seus posts, parece que tem muita coisa nova.
Coloquei o link do seu blog no meu também! XD

bjuu

Alberto Pereira Jr. disse...

mas será que o tempo não reflete o que sentes por dentro?

Pesquisar o malote